Venezuela acumula tropas perto da fronteira com a Guiana

Venezuela acumula tropas perto da fronteira com a Guiana
Venezuela acumula tropas perto da fronteira com a Guiana

Imagens de satélite mostram que a Venezuela tem feito movimentações e acumulado tropas próximo à fronteira com a Guiana, mesmo depois de ambos os países terem se comprometido em não usar quaisquer tipos de força e não ameaçar, direta e indiretamente, a soberania territorial um do outro na disputa da região de Essequibo.

As imagens foram feitas em 13 de janeiro de 2024 e divulgadas pelo CSIS (Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais) na 6ª feira (9.fev.2024). As fotografias mostram uma expansão militar na ilha venezuelana de Anacoco, no rio Cuyuni, que faz fronteira com a Guiana. Também é possível visualizar que parte da região foi recentemente desmatada.

TENSÃO ENTRE VENEZUELA E GUIANA

Os venezuelanos aprovaram em 3 de dezembro a anexação de parte do território da Guiana. A votação foi feita por um referendo.

A disputa entre os países, que dura mais de 1 século, está relacionada à região de Essequibo ou Guiana Essequiba. Depois do resultado, o governo venezuelano deve decidir as estratégias para a anexação do território.

Mont Capital - Carteira Administrada

Essequibo tem 160 mil km² e é administrado pela Guiana. A área representa 74% do território do país vizinho, é rica em petróleo e minerais e tem saída para o Oceano Atlântico.

Em dezembro, os 2 países assinaram uma declaração conjunta em que concordaram em resolver o impasse de acordo com o direito internacional.

No texto, também ficou acordado que ambos os países se absterão, seja em palavras ou atos, de agravar qualquer conflito ou desacordo resultante de controvérsias entre eles e cooperarão para evitar incidentes no território que provoquem tensões na América do Sul.