TRF-4 anula revogação da prisão de desafeto de Moro

TRF-4 anula revogação da prisão de desafeto de Moro
TRF-4 anula revogação da prisão de desafeto de Moro

O desembargador Marcelo Malucelli, do TRF-4, anulou a revogação da prisão do advogado Rodrigo Tacla Durán (foto), réu na Lava Jato que acusa Sergio Moro (União Brasil) e Deltan Dallagnol (Podemos) de tê-lo extorquido.

A decisão é de terça-feira (11).

Malucelli atende a recurso do MPF.

Tacla Durán, que vive na Espanha, foi preso por três meses em 2016 sob suspeita de lavar dinheiro para a Odebrecht, mas recorreu à Justiça espanhola e conseguiu liberdade provisória.

Mont Capital - Carteira Administrada

Seu mandado de prisão ainda estava em vigor no Brasil até decisão recente do novo titular da 13ª Vara Federal em Curitiba, responsável pela Lava Jato no Paraná, o juiz Eduardo Appio.

Admirador de Lula e do PT, Appio incluiu Tacla Durán no programa federal de testemunhas protegidas no final de março, após o advogado ressuscitar o suposto caso de extorsão.