calendar
Notícias

92 publicados hoje

  • Home
  • arrow
  • arrow
  • Trade hoje: Ibovespa retoma tendência de alta no curto prazo, aponta análise técnica

Trade hoje: Ibovespa retoma tendência de alta no curto prazo, aponta análise técnica

Mercado Financeiro 8 meses atrás
Visitar site arrow
Trade hoje: Ibovespa retoma tendência de alta no curto prazo, aponta análise técnica

Após a disparada não só da véspera, quanto do acumulado de 5,35% da semana, o Ibovespa retomou uma tendência de alta, podendo mirar um primeiro ponto de resistência na faixa dos 107,6 mil aos 108 mil pontos, conforme analistas técnicos.

No pregão desta terça-feira (11), o Ibovespa saltou 4,29%, indo aos 106,2 mil pontos, repercutindo dados de inflação, medidos pelo IPCA, abaixo do estimado por analistas. Assim, se elevou a expectativa de corte de juros mais cedo. Outro fator que anima o mercado é apresentação final do arcabouço fiscal.

  • Ibovespa hoje: acompanhe o que movimenta Bolsa, Dólar e Juros Ao Vivo

Trade hoje: Análise técnica do Ibovespa

Para Pam Semezzato, analista técnica da Clear, depois de uma queda forte nesse ano, o Ibovespa conseguiu mostrar reação compradora no suporte da lateralização e ontem (11) confirmou um pivô de alta e rompimento da LTB (linha de tendência de baixa) de curtíssimo prazo.

Ao analisar o gráfico diário [veja abaixo], ela destaca que, se o Ibovespa confirmar esse movimento de alta, “pode-se esperar por um teste no topo da lateralização larga.”

Gráfico diário do Ibovespa últimos seis meses

trade hoje; Ibovespa; swing tradetrade hoje; Ibovespa; swing trade
Elaboração: Pam Semezzato

Olhando para o longo prazo, ela ressalta que a tendência segue de alta para o Ibovespa, com suporte bem relevante na região de 70.000 pontos, que é região de fundo de 2020.

“E no médio prazo o Ibovespa não consegue ter força para romper a resistência de 120.000 e nem o suporte de 97.000 pontos, indicando assim uma lateralização larga”, acrescentou.

Gráfico semanal do Ibovespa, de 2019 a 2023: índice em lateralização larga

Elaboração: Pam Semezzato

Segundo Pam, as próximas resistências do Ibovespa se encontram nos 107.600, 114.200 e 120.000, enquanto os suportes nas regiões de 97.000, 89.000 e 70.000 pontos.

Ibovespa: reversão de tendência

Segundo relatório de análise técnica da XP, o Ibovespa fechou acima dos 102.200 pontos na véspera, confirmando a reversão de tendência de curto prazo para alta, com uma barra bem expressiva e grande volume.

“Acima dos 106.500 tem projeções em nas resistências em 108.000, 110.500 ou 114.835, em teste de topo”, escreveu o analista da XP, Gilberto Coelho.

Para baixo, segundo ele, o Ibovespa deixou suportes em 104.085 e 101.850 pontos.

Fonte: Relatório de análise técnica da XP

Forte recuperação

O analista técnico do PagBank, Rodrigo Paz, destaca que, no curto prazo, é possível notar forte recuperação do ativo, que negocia acima das médias curtas.

Conforme ele, as médias curtas encontram-se inclinadas para cima, com destaque para o rompimento da linha de tendência de baixa, e rompimento de pivô de alta, que mostra reversão da tendência no curto prazo.

Mont Capital - Carteira Administrada

“Isso mostra potencial para continuidade, e para isso será necessário romper região da média de 200 períodos nos 108.000. O seu rompimento poderá impulsionar maior fôlego comprador para buscar região dos 110.000, com alvo mais longo nos 110.800“, apontou.

Entretanto, ele reforça que vale atenção à faixa de suporte nos 104.150, “pois caso rompa poderá ocasionar maiores quedas, objetivando a faixa dos 99.900, com alvo mais longo nos 97.000″.

Gráfico Ibovespa curto prazo

Fonte: trdr. Elaboração: Rodrigo Paz

Ibovespa médio prazo é de baixa

Conforme Paz, olhando o médio prazo, pelo gráfico semanal, pode-se observar uma forte recuperação do Ibovespa nesta semana, após sequência de baixas recentes.

“O índice rompeu a faixa dos 104.150 pontos, e agora pode seguir movimento altista. Para isso, será necessário superar a faixa dos 107.800 (média de 200 períodos), mirando os 110.000 pontos, com alvo mais longo nos 114.800 pontos”, disse.

Para ele, porém, a tendência de médio prazo ainda é de baixa e, caso perca a faixa dos 104.150, pode retornar a faixa dos 100.000, com alvo mais longo nos 95.200 pontos.

Fonte: trdr. Elaboração: Rodrigo Paz

Conforme relatório do Itaú BBA, assinado por Fábio Perina, Lucas Piza e Igor Caixeta, o Ibovespa conseguiu mostrar força e superou os 104.100 pontos, saindo da tendência de baixa de curto prazo.

“O mercado olha agora para a próxima barreira em 106.800 pontos, que é o divisor de águas para uma nova tendência de alta. Se o índice conseguir superar este nível, poderemos ver o mercado voltar a negociar em patamares como 110.500 e 114.900 pontos”, escreveram os analistas.

Do lado da baixa, o índice deixou suportes em 104.100 e 99.700 pontos, acrescentaram.

Fonte: relatório de análise técnica Itaú BBA

Por fim, os analistas do BBA, destacam que o índice mostrou força e saiu da tendência de baixa, por enquanto, e que o próximo desafio é superar os 106.800 pontos.

“Uma coisa é parar de cair, a outra é ter forças para subir. O mercado precisará mostrar mais forças para engatar uma tendência de alta”, destacaram.

Mont Capital - Fale com um de nossos especialista

Relacionados