Trade hoje: HAPV3 acumula queda de 50% em 2023 e tendência segue de baixa

Trade hoje: HAPV3 acumula queda de 50% em 2023 e tendência segue de baixa
Trade hoje: HAPV3 acumula queda de 50% em 2023 e tendência segue de baixa

As ações da Hapvida (HAPV3) saltam 8,5% no pregão desta terça-feira (11), por volta das 13h25, acompanhando o movimento generalizado de valorização de praticamente todas as ações do Ibovespa, sendo cotadas a R$ 2,55.

Entretanto, no acumulado de 2023, as ações da Hapvida desabam 50%, enquanto em seis meses recuam 67% e em 12 meses perdem 76%. Atualmente, no radar dos investidores está a venda de ativos e possível oferta de ações de ações.

Conforme analistas técnicos, porém, a tendência principal das ações, mesmo com o alívio desta terça-feira, ainda é de queda.

Análise técnica HAPV3

Para a analista técnica da Clear, Pam Semezzato, a tendência principal das ações de HAPV3 é de baixa, desde que traçou o topo, em 2021, o papel não conseguiu se manter acima dos R$ 13,75, e vem confirmando rompimentos de fundos anteriores.

Ações da Hapvida de 2019 a 2023

análise técnica; análise de ações; HAPV3análise técnica; análise de ações; HAPV3
Elaboração: Pam Semezzato

“Essa última movimentação de março foi bem atípica, e o movimento de baixa estava esticado. A característica do ativo é de correções longas e demoradas, e é o que vemos no ativo desde 10 de março”, diz Pam. “Não consegue romper topo anterior (R$ 3,00) e nem renovar fundo (R$ 1,94).”

  • Saiba mais: e-book gratuito ensina a analisar gráficos e tendências

Para o curtíssimo prazo, ela afirma não ver nenhuma formação interessante [veja gráfico abaixo até o dia 10 de abril], para operações no momento, já que ainda está esticada na queda e sem formação de reversão para compras.

Gráfico ações da Hapvida 12 meses até 10 de abril

Elaboração: Pam Semezzato

Tendência de baixa

Para Matheus Lima, analista técnico da Top Gain, o papel da Hapvida está em uma tendência de baixa forte há muito tempo. Segundo ele, o maior destaque foi quando perdeu o suporte de R$ 4,09 e foi buscar a região de R$ 1,93.

“Após essa forte queda, as ações ainda tentaram superar o patamar de R$ 3,00, mas sem sucesso. O papel volta a dar sinais de continuação da queda, buscando as mínimas novamente, com alta chance de romper e seguir para quedas mais intensas”, analisa.

Possíveis repiques

Análise semelhante tem Rodrigo Paz, do PagBank, ressaltando que o ativo opera em tendência de baixa no longo prazo, com forte força nas vendas recentemente.

“Pode-se ver que, após o rompimento da faixa de suporte nos R$ 4,08/ R$ 4,00, as vendas foram intensificadas, registrando mínima histórica na faixa de R$ 1,93“, destaca.

Mont Capital - Carteira Administrada

No entanto, diante das fortes baixas, “pode haver repique no curto prazo. Caso isso se confirme, a ação poderá inicialmente buscar a faixa dos R$ 3,69/ R$ 4,08.”

“Porém, o cenário vendedor é mais forte e vale muita atenção à faixa de suporte (mínima histórica) em R$ 1,93, que, se rompida, pode intensificar ainda mais as quedas na ação”, acrescentou.

Análise das ações de HAPV3: longo prazo

Elaboração: Rodrigo Paz

Para Paz, no médio prazo, olhando pelo gráfico semanal [abaixo], “nota-se topos e fundos descendentes e médias inclinadas para baixo configurando tendência de baixa”.

“Logo, podemos notar um movimento mais forte de vendas no médio prazo, que tende a se intensificar se a ação perder o suporte dos R$ 2,20, que miraria a faixa de R$ 1,93.”

Elaboração: Rodrigo Paz

Por fim, na análise de curto prazo, Paz ressalta que o ativo recentemente superou as médias, mas ainda não conseguiu se firmar acima.

“Caso isso aconteça, poderá dar início ao repique. Para isso, terá que se manter acima das médias, para inicialmente buscar resistência nos R$ 3,00, com alvo mais longo nos R$ 3,69“, ressalta.

“Porém, vale atenção, pois, se perder a faixa dos R$ 2,20, poderá ocasionar maiores baixa, com potencial para buscar faixas de suporte, no R$ 1,93“, finaliza.

Elaboração: Rodrigo Paz

  • Confira aqui mais conteúdos do InfoMoney sobre análise técnica!