calendar
Notícias

142 publicados hoje

  • Home
  • arrow
  • arrow
  • “Toc, toc, toc” foi uma postagem de oportunidade, diz Pimenta

“Toc, toc, toc” foi uma postagem de oportunidade, diz Pimenta

Economia 9 minutos atrás
Visitar site arrow
“Toc, toc, toc” foi uma postagem de oportunidade, diz Pimenta

O ministro Paulo Pimenta, da Secom (Secretaria de Comunicação), afirmou que a publicação de prevenção contra a dengue que utilizou o meme “toc, toc, toc” foi uma postagem de “oportunidade”. O post, de 29 de janeiro, foi visto como deboche pela oposição ao governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por suposta relação com a operação da PF (Polícia Federal), que teve como alvo o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

“A gente chama de “postagens de oportunidade”. Não é só nós que fazemos hoje, todo mundo faz isso no mercado publicitário, privado e temos que entender como fazer isso no institucional. Naquela semana do “toc, toc, toc” tiveram várias postagens de oportunidade”, declarou o ministro. 

Assista (6min17s):

“A gente tem que entender que teve uma mudança constitucional, que não é só governamental. Acho que a gente compreender que as novas ferramentas, as novas tecnologias, aquela disputa pela atenção nessa quantidade enorme de plataformas, criou uma nova dinâmica”, disse.

Paulo Pimenta afirmou que profissionais que trabalham nas redes sociais precisam acompanhar os assuntos do dia, assim como “os algoritmos que estão em alta” para que as postagens tenham bom alcance no ambiente online. 

Mont Capital - Carteira Administrada

“Se está todo mundo falando de um assunto, como eu falo de outro em uma rede social? Nós tínhamos decidido por entrar com uma ação preventiva contra a dengue. Nós temos um problema hoje que quando chega alguém na casa [de um cidadão], a pessoa fica constrangida. Então, surgiu a ideia do “toc, toc, toc””, afirmou.

O ministro declarou que, “no ponto de vista da ideia”, assim como pela repercussão que a publicação teve, há a confirmação de que “foi uma ótima ideia”. Afirmou que a Secom teve “um alcance extraordinário”.

“Temos de aproveitar essas oportunidades e não é só coisa da oposição. Mas temos de ter uma capacidade criativa de enxergar o que está tendo na pauta do dia e dialogar com ela para dar visibilidade e alcance para as coisas do governo”, declarou.

Pimenta falou que não é possível “raciocinar de forma analógica” e que a secretaria deve, sim, “manter” as postagens com linguagens mais informais.


Leia mais sobre: 

Mont Capital - Fale com um de nossos especialista

Relacionados