“PLDO 2024 vai assustar”, diz Tebet

“PLDO 2024 vai assustar”, diz Tebet

Simone Tebet afirmou nesta sexta-feira (14) que o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias 2024, PLDO, será protocolado ainda hoje.

Segundo a ministra do Planejamento, o texto “vai assustar” por mostrar que “não tem espaço fiscal para absolutamente nada de novo.”

“A LDO vem com aquilo que o nosso governo tem de ativo, que é a transparência. A LDO vai mostrar o Brasil real, o Brasil que nós temos em relação às contas públicas. E vai assustar. Vai mostrar que não tem espaço fiscal para absolutamente nada de novo. Ao contrário, teríamos que tirar de despesas discricionárias. Hoje, temos algo em torno de R$ 200 bilhões em despesas discricionárias. Tirando emendas parlamentares, sobra R$ 170 bilhões. Com o teto de gastos, perdemos praticamente todo esse recurso”, disse Tebet a jornalistas, durante evento em São Paulo.

Mont Capital - Carteira Administrada

Como o novo arcabouço fiscal ainda não foi protocolado no Congresso, o PLDO trará a regra atual do teto de gastos. A ministra afirmou que o texto do arcabouço será encaminhado após o retorno de Lula e Fernando Haddad ao Brasil.

A proposta para o orçamento de 2024 será publicada em edição extra do Diário Oficial.