PF faz operação contra suspeito de difamar prefeito de Manaus com IA

PF faz operação contra suspeito de difamar prefeito de Manaus com IA
PF faz operação contra suspeito de difamar prefeito de Manaus com IA

A PF (Polícia Federal) deflagrou nesta 6ª feira (9.fev.2024) uma operação para identificar os suspeitos envolvidos na difamação do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), em uma montagem de áudio falso com o uso de IA (Inteligência Artificial). 

A operação Nirmata cumpre 9 mandados de busca e apreensão no Amazonas. A PF tem como alvos um designer, 3 empresas de publicidade, os sócios dessas empresas, e outras duas pessoas apontadas como propagadoras dos áudios falsos.

Nesta 6ª feira, a operação, acompanhada pelo MPF (Ministério Público Eleitoral) e a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), apreendeu computadores e intimou 2 suspeitos a prestar depoimento na Superintendência da Polícia Federal. 

A técnica, conhecida como deep fake –na qual a voz de alguém pode ser recriada artificialmente– foi usada para produzir um áudio do prefeito de Manaus atacando professores que fizeram uma manifestação em frente à prefeitura no fim de 2023. 

Mont Capital - Carteira Administrada

O caso

David Almeida denunciou ter sido alvo da fake news no final do último ano. No áudio atribuído a ele, professores da rede municipal de ensino são atacados pelo prefeito após realizarem um protesto pelo não pagamento do abono do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).

Em 22 de dezembro de 2023, a Polícia Federal instaurou um inquérito para investigar suposta difamação eleitoral produzida por meio de IA. Desde então, 2 suspeitos já foram ouvidos e foi feita perícia no arquivo digital que constatou a manipulação no áudio.