Mais 4 brasileiros que deixaram Faixa de Gaza chegam ao Brasil

Mais 4 brasileiros que deixaram Faixa de Gaza chegam ao Brasil
Mais 4 brasileiros que deixaram Faixa de Gaza chegam ao Brasil

Os 4 palestinos-brasileiros que conseguiram autorização para deixar a Faixa de Gaza na última 4ª feira (7.fev.2024) estão hospedados no Cairo, capital do Egito. Uma mulher e os 3 filhos devem chegar ao Brasil na noite deste sábado (10.fev), com desembarque no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Segundo informações do Escritório de Representação do Brasil em Ramala, na Palestina, a mulher, cuja identidade não foi informada, e os filhos de 4 e 2 anos não podiam sair porque ela estava grávida.

Depois que a criança nasceu, em 24 de dezembro, a autorização para deixar a região que está em conflito com Israel pôde ser emitida.

A família foi recebida pela equipe da embaixada brasileira na capital egípcia, logo depois de cruzar a fronteira de Rafah, no sul de Gaza, com o país africano. Rafah é o ponto de maior segurança em Gaza.

Operação

A família viajou por cerca de 6 horas desde que saiu da Faixa de Gaza e permaneceu em hotel custeado com recursos do governo brasileiro.

A liberação das verbas e viabilização da ajuda foram possíveis graças a uma etapa nova da Operação Voltando em Paz, que resgatou e auxiliou 1.560 pessoas, desde outubro de 2023, entre brasileiros e parentes que estavam em Israel, em Gaza e na região da Cisjordânia.

Mont Capital - Carteira Administrada

A operação é voltada a brasileiros sem passagens, não residentes, gestantes, idosos, mulheres e crianças. Também foram transportados 53 animais domésticos.

Antes de cruzarem a fronteira, os 4 estavam alojados em Rafah em uma casa alugada pela representação brasileira em Ramala, na Palestina, com garantia de recursos para alimentos, água e remédios, recebendo assistência até cruzar a fronteira.

Essa é a 4ª operação de repatriação específica com brasileiros que estavam no lado palestino do conflito, um processo que exige articulação mais complexa. Isso porque a única fronteira para a saída de civis da zona de guerra em Gaza é no Sul do enclave, em Rafah, na divisa com o Egito.

Para deixar o território palestino, é preciso ter o nome em uma lista aprovada por autoridades de Israel, do Egito e da Palestina. Ao todo, foram resgatados 149 brasileiros e parentes próximos, 117 de Gaza, já contabilizada a família de agora, e 32 da Cisjordânia.


Com informações de Agência Brasil.