calendar
Notícias

89 publicados hoje

  • Home
  • arrow
  • arrow
  • Lula diz que Brasil pode dobrar produção agrícola sem derrubar nenhuma árvore

Lula diz que Brasil pode dobrar produção agrícola sem derrubar nenhuma árvore

Política 8 meses atrás
Visitar site arrow
Lula diz que Brasil pode dobrar produção agrícola sem derrubar nenhuma árvore

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse nesta sexta-feira, 14, em reunião fechada com o presidente da China, Xi Jinping, estar convencido de que o desenvolvimento da agricultura brasileira não precisa de “desmatamento irresponsável e muito menos de queimadas”.

“O Brasil pode praticamente dobrar sua produção agrícola recuperando as terras degradadas, sem precisar derrubar nenhuma árvore”, disse Lula na reunião bilateral.

Na mesma reunião fechada, o presidente da República afirmou que “ninguém vai proibir que o Brasil aprimore suas relações” com a China.

Lula afirmou que a visita a gigante chinesa de tecnologia Huawei, na quinta-feira em Xangai, foi uma demonstração de que o Brasil “quer dizer ao mundo que não tem preconceito” nas suas relações comerciais.

A Huawei foi taxada pelo ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump de fazer espionagem e o governo americano pressionou Brasília para não adotar a tecnologia 5G da empresa chinesa.

Ainda de acordo com falas de Lula, o presidente brasileiro defendeu que as relações entre os dois países precisam ir além da questão comercial e avancem para campos como ciência e tecnologia, educação e cultura.

“Queremos que a relação Brasil China transcenda a questão comercial”, disse o presidente da República do Brasil.

Preservação ambiental e acordo com a Amazônia

Mont Capital - Carteira Administrada

Lula afirmou que conta com a China “na luta para preservar a terra”. Nesse contexto, falou da transição energética e da meta do Brasil de chegar em 2030 a desmatamento zero na Amazônia.

Entre os acordos assinados nesta sexta entre os dois países está a construção de um satélite para monitoramento da Amazônia. “O Brasil pode praticamente dobrar sua produção agrícola recuperando as terras degradadas, sem precisar derrubar nenhuma árvore”, disse na reunião bilateral.

Papel para a paz

Durante a reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Pequim, nesta sexta-feira, o presidente Xi Jinping afirmou que os dois países têm interesses comuns e que esse relacionamento vai desempenhar “papel positivo importante para a paz, o desenvolvimento e a prosperidade das regiões e do mundo”.

As declarações foram reproduzidas pelo canal oficial da Secretaria de Comunicação Social do governo brasileiro no Twitter.

O líder chinês afirmou que Brasil e China são os maiores expoentes em relação aos países em expansão no mundo. “A China trata como estratégica e de longo alcance as relações entre China e Brasil, e dá lugar de destaque a nossas relações exteriores”, afirmou. “China e Brasil são os maiores países em desenvolvimento e importantes mercados emergentes dos dois hemisférios. Temos interesses em comum”, concluiu.

Mont Capital - Fale com um de nossos especialista

Relacionados