calendar
Notícias

114 publicados hoje

  • Home
  • arrow
  • arrow
  • Justiça dos EUA autoriza GOL a receber empréstimo de controladores

Justiça dos EUA autoriza GOL a receber empréstimo de controladores

Economia 8 minutos atrás
Visitar site arrow
Justiça dos EUA autoriza GOL a receber empréstimo de controladores

A GOL Linhas Aéreas recebeu nesta 2ª feira (29.jan.2024) aval do Tribunal de Falências do Distrito Sul de Nova York, nos Estados Unidos, para acessar a 1ª parcela de um financiamento total de US$ 950 milhões (cerca de R$ 4,7 bilhões) obtido junto aos seus controladores. A decisão foi proferida na 1ª audiência do processo de chapter 11 (equivalente à recuperação judicial no Brasil).

O Tribunal liberou o acesso imediato a US$ 350 milhões (cerca de R$ 1,7 bilhão) do financiamento total. O restante será liberado em próximas etapas. Segundo a GOL, a decisão garante que a companhia aérea continuará operando normalmente durante o processo judicial.

O empréstimo foi um compromisso feito por detentores de títulos do Grupo Abra, controlador da GOL e da colombiana Avianca. O financiamento é na modalidade “debtor in possession” (devedor em posse, em português).  

“A GOL buscará aprovação final para acessar integralmente o financiamento em audiência que será realizada nas próximas semanas. Enquanto isso, terá acesso imediato à parcela disponibilizada da nova liquidez. Com a aprovação, a GOL honrará todos os compromissos com parceiros de negócios e fornecedores de bens e serviços prestados a partir da data de início do processo em 25 de janeiro de 2024, além do pagamento de salários”, informou.

A GOL pediu entrada no processo de chapter 11 em 25 de janeiro e teve o pedido aprovado no dia seguinte pela Justiça americana. Até a data do pedido, os dados financeiros mais novos eram referentes ao 3º trimestre de 2023, quando a companhia relatou R$ 20 bilhões em dívidas. Segundo a empresa, metade dos débitos é com arrendadores em aviões.

Mont Capital - Carteira Administrada

  • O que é o chapter 11 – é o capítulo da Lei de Falências dos EUA que trata da reestruturação financeira de empresas, mecanismo equivalente à recuperação judicial brasileira. O processo permite que as empresas recuperem a sua situação financeira, incluindo a renegociação de dívidas, enquanto continuam a operar normalmente com a supervisão e aprovação judicial dos Estados Unidos. O mecanismo tem sido utilizado com sucesso por muitas companhias aéreas internacionais, incluindo Latam, United Airlines, Delta, Aeroméxico e Avianca Colômbia.

Também nesta 2ª (29.jan), a GOL informou ter fechado o ano de 2023 com US$ 3,5 bilhões em ativos e US$ 8,3 bilhões em passivos. Com isso, a dívida líquida alcançou US$ 4,8 bilhões, cerca de R$ 24 bilhões.

“Estamos satisfeitos com o início bem-sucedido da nossa reestruturação financeira legal. A obtenção da autorização do Tribunal dos Estados Unidos para acesso a novos financiamentos permitirá à GOL continuar operando normalmente, conforme prevíamos”, disse Celso Ferrer, CEO da companhia.

De acordo com a GOL, com o processo e com a liquidez adicional do financiamento, os voos de passageiros da companhia e de cargas da GOLLOG continuam normalmente, assim como o programa de fidelidade Smiles e outras operações do grupo.

Mont Capital - Fale com um de nossos especialista

Relacionados