Itau (ITUB4): Resultado do 4T23 enche os olhos e analistas esperam ainda mais em 2024

Itau (ITUB4): Resultado do 4T23 enche os olhos e analistas esperam ainda mais em 2024
Itau (ITUB4): Resultado do 4T23 enche os olhos e analistas esperam ainda mais em 2024
itau-itub4 -resultados - 4t23
O destaque positivo ficou por conta da queda da inadimplência em 0,2 pontos percentuais, terminando o trimestre em 2,8% (Imagem: REUTERS/Sergio Moraes)

Itaú Unibanco (ITUB4) divulgou nesta segunda-feira (04) seus resultados do quarto trimestre de 2024 e o mercado viu os números com bons olhos.

O banco reportou um  lucro líquido recorrente de R$ 9,4 bilhões, alta de 22,6% em relação ao mesmo período de 2022.

Já em 2023, o Itaú registrou resultado recorrente de R$ 35,6 bilhões, alta de 15,7% em relação ao ano anterior, e retorno recorrente sobre o patrimônio líquido (ROE) médio anualizado de 21,0%.

Os analistas da Ativa Investimentos disseram que os dados vieram em linha com as estimativas apontadas.

O destaque positivo ficou por conta da queda da inadimplência em 0,2 pontos percentuais, terminando o trimestre em 2,8%.

“O resultado foi melhor do que as nossas estimativas e foi apoiado por uma forte redução do índice de atraso da PF (-0,5 p.p. QoQ), todas as demais linhas apresentaram uma estabilidade”, escreveram no documento.

Mont Capital - Carteira Administrada

Outro ponto de ênfase que o relatório destaca é a distribuição do excedente capital em forma de dividendos na ordem de R$ 11 bilhões, sendo R$ 1,12 por ação.

No entanto, pontuaram que carteira de crédito cresceu abaixo das estimativas da equipe da Ativa, ressaltando o menor apetite ao risco do banco, que foi incorporado em seu guidance de 2024, o qual consideram marginalmente negativo.

“A divulgação do guidance veio marginalmente abaixo das nossas estimativas, onde praticamente todas as nossas linhas projetadas por nós, embora dentro do intervalo, estão na ponta otimista, com exceção do crescimento das despesas e a alíquota de IR”, concluem.

Já a Guide Investimentos analisa que o banco divulgou um guidance promissor para 2024 e que, segundo as estimativas, resultaria em um lucro de R$ 40,2 bilhões, posicionado no meio do guidance. Isso representa uma expansão de 12,8% ao ano de lucro e um ROE de 21,3% para 2024.