calendar
Notícias

249 publicados hoje

  • Home
  • arrow
  • arrow
  • Indicação do vice não cabe a ninguém, só a Nunes, diz Tarcísio

Indicação do vice não cabe a ninguém, só a Nunes, diz Tarcísio

Política 1 mês atrás
Visitar site arrow
Indicação do vice não cabe a ninguém, só a Nunes, diz Tarcísio

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), disse a jornalistas nessa 2ª feira (29.jan.2024) que “não cabe a ninguém” indicar possíveis nomes de vice para compor a chapa de Ricardo Nunes (MDB) na disputa pela prefeitura da capital paulista. Para ele, essa é uma prerrogativa do próprio Nunes.

“A maior característica do vice, na minha opinião, é a ligação feita com o próprio prefeito. É a relação de confiança do prefeito com o vice. Por isso que é uma escolha em que ele tem de estar muito à vontade. A escolha tem de partir dele. Acho que não cabe a mim nem a ninguém ficar indicando vice para o Nunes. Ele tem que ter confiança no nome que vai ser construído”, disse o governador.

A declaração vem depois de uma reunião entre o pré-candidato à prefeitura e Valdemar Costa Neto, presidente do PL (Partido Liberal) -partido do ex-presidente Jair Bolsonaro que decidiu apoiar a candidatura de Nunes -para que fossem apresentados possíveis nomes de vice.

Valdemar sugeriu o nome do coronel da reserva da Polícia Militar, Ricardo Nascimento de Mello Araújo. Segundo o presidente do PL, Nunes recebeu a sugestão “muito bem”.

Mont Capital - Carteira Administrada

“Nunes está me surpreendendo, todo mundo quer ser vice dele. Vou levar o resultado da conversa para o Bolsonaro e, avançando, o prefeito vai discutir com todos os demais partidos da nossa frente ampla”, disse Valdemar, em nota.

Depois da reunião, em fala a jornalistas, Nunes disse que a decisão de seu vice é uma “construção”, e que é importante levar as sugestões de nomes a outros partidos. “Nós temos uma frente ampla para discutir, precisa ver com os demais partidos”.

Araújo é uma escolha de Jair Bolsonaro. O militar foi comandante da Rota, o 1° Batalhão de Choque da Polícia Militar do Estado de São Paulo, de 1997 a 2019. Em 2022, foi nomeado pelo ex-presidente para assumir a Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo), onde ficou até o início de 2023.

Mont Capital - Fale com um de nossos especialista

Relacionados