Ibovespa abre em alta após CPI dos EUA; Petrobras (PETR4) sobe e Vale (VALE3) recua

Ibovespa abre em alta após CPI dos EUA; Petrobras (PETR4) sobe e Vale (VALE3) recua
Ibovespa abre em alta após CPI dos EUA; Petrobras (PETR4) sobe e Vale (VALE3) recua

Resumo dos mercados

  • Ibovespa sobe e avança para os 107,1 mil pontos, após a alta expressiva de 4,2% ontem. Dólar comercial cai para R$ 4,95 e juros futuros recuam por toda a curva.
  • Trade hoje: Ibovespa retoma tendência de alta no curto prazo, aponta análise técnica
  • Vendas no varejo sobem 3,8% em janeiro ante dezembro, acima do esperado, diz IBGE.

Últimas de bolsa, dólar e juros

update 10h14

Com CPI dos EUA, Ibovespa sobe mais e supera os 107 mil pontos; dólar recua a R$ 4,97

Após a impressionante alta de 4,2% ontem, o Ibovespa começa o pregão desta quarta-feira ainda em alta. Aos 107.057,07, o Ibov avança 0,79%. Se ontem o destaque foi a inflação menor que o esperado no Brasil, hoje é a inflação dos EUA que está no radar. A inflação ao consumidor dos EUA subiu 0,1% em março, abaixo do previsto; em 12 meses, o CPI vai a 5,0%. Com isso, os juros futuros voltam a cair no Brasil, e o dólar acelera as perdas, cotado a R$ 4,975, com queda de 0,63%. Na bolsa brasileira, destaque hoje para as altas de Petrobras (PETR4), grandes bancos, empresas de educação, aéreas e varejistas. Na contramão, recuam as ações de Vale (VALE3), empresas de papel/celulose. Lá fora, os índices futuros dos EUA sobem até 0,90% com os dados do CPI, apontando para um alívio sobre a elevação da taxa de juros norte-americana. (Felipe Alves)

update 10h14

Frigoríficos começam dia em alta: Minerva (BEEF3) sobe 1,91%; BRF (BRFS) tem mais 0,74%, JBS (JBSS3) ganha 0,23% e Marfrig (MRFG3) avança 0,30%

update 10h12

Ibovespa sai dos leilões na máxima do dia, com mais 0,62%, aos 106.868,65 pontos

Hapvida (HAPV3) é a única ação em leilão, com mais 4,91%, a R$ 2,78.

update 10h11

Banco Central informa primeira parcial PTAX com compra a R$ 4,9749 e venda a R$ 4,9755

update 10h11

Eletrobras (ELET3 ELET6) abre sessão com mais 0,41% e 0,64%, respectivamente

update 10h10

Varejo começa nova sessão com alta consistente

Arezzo (ARZZ3) tem mais 1,68%, Lojas Renner (LREN3) sobe 3,79%, Magazine Luiza (MGLU3) ganha 0,79%, Grupo Soma (SOMA3) avança 0,84% e Via (VIIA3) soma 1,48%.

update 10h09

B3 (B3SA3) inicia dia com mais 1,46%, a R$ 11,80

update 10h09

Bancos devem ter piora nos ativos no 1T23

O J.P.Mogan vê a originação de empréstimos mais fraca e bancos migrando para linhas mais seguras, o que tende a prejudicar a receita. Vê-se também algumas tendências sem brilho de taxas, devido à sazonalidade em cartões e atividade mais fraca do mercado de capitais. O J.P.Morgan ressalta que os spreads corporativos mais altos podem proporcionar, no entanto, algum alívio aos players. No entanto, a qualidade dos ativos continua piorando para a maioria dos bancos impulsionados pelo varejo e alguns casos corporativos, destaca o J.P.Morgan.

update 10h08

Setor de educação em alta nesta manhã: Ânima (ANIM3) sobe 2,89%, Cogna (COGN3) ganha 1,02% e Yduqs (YDUQ3) avança 1,75%

update 10h08

Papel e celulose neste início de sessão: Klabin (KLBN11) perde 0,37% e Suzano (SUZB3) recua 0,28%, enquanto Irani (RANI3) sobe 0,23%

update 10h07

Telefonia começa dia com ganhos: Oi (OIBR3) sobe 3,70%, TIM (TIMS3) avança 0,08% e Vivo (VIVT3) tem mais 0,15%

update 10h06

Aéreas começam esta manhã sem amplitude: Azul (AZUL4) sobe 0,57% e Gol (GOLL4) perde 0,42%

Embraer (EMBR3) está estável.

update 10h05

Americanas (AMER3) abre sessão com alta de 0,97%, a R$ 1,04, ganho de R$ 0,01

update 10h04

Petrobras (PETR3 PETR4) inicia a sessão com altas: respectivamente, 1,03% e 1,17%

update 10h04

Vale (VALE3) abre com mais 0,51% nesta manhã, a R$ 82,78

update 10h01

Dólar acelera perdas e volta a operar abaixo de R$ 5 após dado de inflação nos EUA

Dado de inflação CPI foi abaixo do esperado, aumentando apostas de que Fed pode antecipar fim do ciclo de aperto monetário.

update 10h01

Ibovespa abre, preliminarmente, com alta de 0,01%, aos 106.219,22 pontos

update 9h58

Trade hoje: Ibovespa retoma tendência de alta no curto prazo, aponta análise técnica

Conforme analistas, a região dos 104 mil pontos, do ponto de vista do suporte, é importante e deve ser monitorada.

update 9h56

Ibovespa futuro volta a cair 0,04%, aos 108.790 pontos

update 9h54

Aos 100 dias de governo, 39% classificam gestão de Lula como ótima ou boa, diz Ipec

Levantamento ouviu 2 mil eleitores em 128 municípios nos cinco primeiros dias de abril.

update 9h54

Boa Vista (BOAS3): Banco rebaixa recomendação de overweight para neutra, mas mantém preço-alvo de R$ 8/ação

O J.P.Morgan fez redução de estimativas para a Boa Vista (BOAS3) e vê aumento limitado da ação.

update 9h52

Ibovespa futuro volta a subir 0,19%, aos 109,010 pontos

update 9h51

CME: após CPI, apostas em manutenção dos juros em 4,75%-5,00% sobem de 24,2% para 36,1%

5,25%-5,50% 5,00%-5,25% 4,75%-5,00% 4,50%-4,75% 4,25%-4,50% 4,00%-4,25% 3,75%-4,00%
03/05 63,9% 36,1%
14/06 3,6% 61,7% 34,6%
26/07 1,3% 24,3% 52,1% 22,3%
20/09 0,2% 6,5% 31,4% 45,2% 16,7%
1º/11 0,1% 2,3% 14,7% 36,2% 35,9% 10,8%
13/12 0,4% 4,3% 18,5% 36,6% 31,6% 8,7%
update 9h50

Após CPI, mercado vai começar a apostar como será o corte de juros nos EUA, diz analista

Para Jansen Costa, sócio-fundador da Fatorial Investimentos, o relatório da inflação ao consumidor “é basicamente positivo”, o que “é bom também para o Brasil”, e o mercado vai questionar o aumento de 0,25 pp nas taxas do Fed, projetado antes do CPI.

update 9h46

Dólar comercial tem leve alívio de queda e opera com -0,87%, a R$ 4,963

update 9h45

Ibovespa futuro vira para queda de 0,17%, aos 108.645 pontos

update 9h45

Índices futuros em NY disparam após leitura do CPI

  • Dow Jones Futuro: +0,74% (antes do CPI: +0,14%)
  • S&P 500 Futuro: +0,92% (antes do CPI: +0,06%)
  • Nasdaq Futuro: +1,22% (antes do CPI: -0,01%)
update 9h43

Ibovespa futuro alivia alta para 0,06%, aos 108.900 pontos

update 9h43

Títulos do governo norte-americano passam a operar em queda, após relatório de inflação ao consumidor

TÍTULO VARIAÇÃO (%) VALOR (%)
1 ano -0,071 4,646
2 anos -0,144 3,914
3 anos -0,146 3,654
5 anos -0,129 3,421
7 anos -0,108 3,388
10 anos -0,075 3,363
20 anos -0,040 3,707
30 anos -0,024 3,595
update 9h40

Sabesp (SBSP3): Banco reduz preço-alvo de R$ 55 para R$ 54/ação devido o reajuste tarifário ficar aquém das expectativas

O J.P.Morgan tem, no entanto, a Sabesp (SBSP3) como top pick no setor devido às perspectivas positivas à empresa.

update 9h39

Índice EWZ avança 1,91% no pré-mercado dos EUA

update 9h38

Dólar comercial cai 1,01%, a R$ 4,956, após CPI

update 9h36

Dólar comercial renova mínima, a R$ 4,961, com -0,91%

update 9h36

Dólar futuro recua 1,07%, a R$ 4,971

update 9h36

Ibovespa futuro sobe 0,35%, aos 109.215 pontos

update 9h34

EUA: rendimento real em março cai 0,1%, abaixo da expectativa de recuo de 0,2% da queda de 0,4% em fevereiro

update 9h32

EUA: inflação ao consumidor (CPI) em março sobe 0,1%, abaixo da expectativa de 0,2% e da leitura de 0,4% em fevereiro

Na base anual, o CPI de março apresentou alta de 5,0%, abaixo da expectativa de 5,2% e dos 6,0% de fevereiro.

update 9h31

EUA: núcleo da inflação ao consumidor (CPI) em março sobe 0,4%, em linha com a expectativa de 0,4% e abaixo da leitura de 0,5% em fevereiro

Na base anual, o CPI fechou março com alta de 5,6%, em linha da expectativa de 5,6% e acima dos 5,5% aferidos em fevereiro.

update 9h31

Copasa (CSMG3): Banco eleva preço-alvo de R$ 14,50 para R$ 17/ação, mas mantém recomendação neutra

O J.P.Morgan justifica o aumento do preço-alvo para refletir a passagem dos melhores resultados de 2022 da Copasa (CSMG3) e o aumento tarifário que passou a vigorar em janeiro de 2023. Mas banco vê ganho limitado e privatização ainda longe da estatal.

update 9h27

Índices futuros em NY operam sem amplitude antes do CPI

  • Dow Jones Futuro: +0,14%
  • S&P 500 Futuro: +0,06%
  • Nasdaq Futuro: -0,01%
update 9h25

Títulos do Tesouro norte-americano operam em alta, mas sem amplitude, antes do CPI

TÍTULO VARIAÇÃO (%) VALOR (%)
1 ano 0,003 4,720
2 anos 0,006 4,064
3 anos 0,003 3,803
5 anos 0,006 3,556
7 anos 0,003 3,495
10 anos 0,009 3,443
20 anos 0,009 3,756
30 anos 0,013 3,634
update 9h22

ADRs PBRA e PBR da Petrobras sobem, respectivamente, 0,58%, a US$ 10,33, e 0,52%, a US$ 11,63 no pré-mercado

  • ADRs de Exxon Mobil: +0,33%
  • ADRs de Chevron: +0,17%
  • ADRs de Shell PLC: +1,22%
  • ADRs de BP PLC: +1,03%
  • ADRs de TotalEnergies: +1,04%
update 9h20

Ibovespa se afasta da tendência de baixa do curto prazo, aponta análise técnica

Conforme relatório do Itaú BBA, o Ibovespa conseguiu mostrar força e superou os 104.100 pontos, saindo da tendência de baixa de curto prazo. “O mercado olha agora para a próxima barreira em 106.800 pontos, que é o divisor de águas para uma nova tendência de alta. Se o índice conseguir superar este nível, poderemos ver o mercado voltar a negociar em patamares como 110.500 e 114.900 pontos”, escreveram os analistas. Do lado da baixa, o índice deixou suportes em 104.100 e 99.700 pontos, acrescentaram.

Fonte: relatório Itaú BBA
update 9h20

Sanepar (SAPR11): Banco eleva preço-alvo de R$ 20 para R$ 22/ação e passa recomendação undeweight para neutra

O J.P.Morgan avalia que não justifica mais a Sanepar (SAPR11) carregar a classificação underweight devido à 2ª revisão tarifária recém-concluída, além do governo do Paraná adotar uma postura mais favorável ao mercado.

update 9h19

ADRs da Vale sobem 0,43%, a US$ 16,49, no pré-mercado

  • ADRs de BHP: -0,77%
  • ADRs da Rio Tinto: -0,39%
update 9h18

Dólar volta a cair 0,03%, a R$ 5,005

update 9h17

Preços da gasolina no Brasil seguem abaixo da paridade internacional, diz Abicom

Petrobras (PETR3;PETR4) alterou os preços da gasolina há 43 dias. Já os do diesel foram alterados há 21 dias. A Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis publica o estudo diariamente, de segunda a sexta.

  • Diesel (média nacional): +4%, ou +R$ 0,13 (ontem: +2% ou +R$ 0,06)
  • Gasolina (média nacional): -7%, ou -R$ 0,25 (ontem: -6% ou -R$ 0,22)
update 9h14

Dólar comercial vira para alta de 0,07%, a R$ 5,010

update 9h12

Índice EWZ avança 0,27% no pré-mercado dos EUA

update 9h11

Índia: inflação ao consumidor em março, base anual, ficou em 5,66%, abaixo da expectativa de alta acumulada de 5,80%

A leitura mostra uma desaceleração, já que em fevereiro, a inflação ao consumidor ficou em 6,44%, também na base anual.

update 9h11

Vendas no varejo sobem 3,8% em janeiro ante dezembro, acima do esperado, diz IBGE

Foi a maior variação para o mês desde o início da série histórica, em 2000; na comparação com janeiro de 2022, o crescimento foi de 2,6%.

update 9h08

Juros futuros têm novo dia de queda

Valor (%) Dia (%) Variação (pp) Negócios Semana (%) Mês (%)
DI1F24 13,135 -0,11 -0,015 45 -0,94 -0,49
DI1F25 11,790 -0,13 -0,015 167 -2,16 -2,04
DI1F27 11,765 -0,08 -0,010 135 -2,04 -2,77
DI1F29 12,180 -0,16 -0,020 47 -1,77 -2,72
DI1F31 12,460 -0,08 -0,010 25 -1,58 -2,66
DI1F33 12,590 -0,32 -0,040 25 -1,41 -2,48
update 9h07

Plano e Plano (PLPL3) relata fortes números operacionais no 1T23

De acordo com o Itaú BBA, que manteve encontro com executivos da Plano & Plano (PLPL3), a empresa vê  combinação de forte demanda e um cenário benigno de custos, com boas perspectivas para a revisão do Minha Casa Minha Vida e os próximos passos do programa habitacional Pode Entrar da prefeitura de São Paulo. O banco reitera posição positiva no setor de baixa renda e tem recomendação outperform para a Plano & Plano, com preço-alvo de R$ 7/ação.

update 9h04

Dólar comercial abre em queda de 0,07%, a R$ 5,003

update 9h01

IBGE: vendas de varejo têm alta de 3,8% em janeiro; consenso Refinitiv previa alta de 3,2%

Em janeiro de 2023, o volume de vendas do comércio varejista nacional subiu 3,8% frente ao mês imediatamente anterior, na série com ajuste sazonal. Com isso, a média móvel trimestral para o varejo foi de 0,1% no trimestre encerrado em janeiro. Frente a janeiro de 2022, as vendas do comércio varejista cresceram 2,6%, sua sexta alta consecutiva. O acumulado nos últimos 12 meses (1,3%) superou o de dezembro (1,0%).

update 9h01

Mont Capital - Carteira Administrada

Dólar futuro abre em queda de 0,07%, cotado a R$ 5,021

update 9h00

Ibovespa futuro abre em queda de 0,23%, cotado aos 108.580 pontos

update 8h59

CNI revisa projeção de crescimento do PIB do Brasil em 2023 de 1,6% para 1,2%

Segundo o Boletim Focus, divulgado na última segunda-feira, 10, pelo Banco Central, a mediana para a alta do PIB neste ano é de 0,91%.

update 8h58

Verde reduz exposição em Ibovespa; AMER3 suspende disputas judiciais; e desconto na compra do BIG pelo Carrefour

update 8h52

Carrefour (CRFB3): Acordo com os vendedores do BIG para reduzir o preço de venda não era esperado pelo mercado

O Itaú BBA ressalta que o fato de o reajuste de preço não estar relacionado ao desempenho operacional do ativo BIG traz algum “alívio”. Por outro lado, não há visibilidade sobre as obrigações do acordo, o que acaba não tendo, no momento, efeito positivo para o Carrefour (CRFB3). O BBA tem recomendação outperform para o Carrefour, com preço-alvo R$ 17/ação.

update 8h50

Confira o InfoMorning

update 8h48

Análise técnica: Confira as tendências para os juros futuros (DIs)

Segundo relatório de análise técnica da XP, assinado por Gilberto Coelho, o DI-2029 está em tendência de baixa pelas médias de 21 e 200 dias e retomou a formação de topos e fundos descendentes. “Abaixo dos 12,13 tem projeções em 11,90 e 11,61 por Fibonacci. Para sinal de repique, precisaria fechar acima dos 12,32, mirando de 12,50 a 12,67. O IFR (índice de força relativa) apontou para baixo sinalizando maior força vendedora”, destacou.

Fonte: relatório XP

Em relação ao DI-2033, a análise destaca que perdeu a média de 200 dias, reforçando sinal de baixa. “Uma perda dos 12,56 projetaria teste dos 12,30 ou 12,05, por Fibonacci. Acima dos 12,73 teria sinal de repique, mirando os 12,90 ou 13,00. O IFR apontou para baixo em sinal de maior força vendedora”, analisa Coelho.

Fonte: relatório XP
update 8h46

Congresso instala três comissões mistas para discutir medidas provisórias

Temas considerados prioritários pelo governo, como a recriação dos programas Bolsa Família e Minha Casa Minha Vida, estão entre as propostas.

update 8h45

Caixa anuncia alta no juro do crédito imobiliário

Elevação foi de 0,5 ponto porcentual e está valendo para os novos contratos desde 3 de abril.

update 8h41

Deputados do governo e da oposição avaliam 100 dias do governo Lula

Retomada de programas sociais e protagonismo internacional são destacados por governistas, enquanto a oposição criticou proposta de âncora fiscal.

update 8h40

Ambev (ABEV3) deve ter resultados neutros no 1T23

A avaliação é do Itaú BBA, que crê que os volumes de cerveja no Brasil da Ambev (ABEV3) fiquem dentro da faixa de consenso. O banco avalia ainda que os ganhos de market share sobre as cervejas do Grupo Petrópolis devem compensar a dinâmica climática desfavorável. O BBA tem recomendação market perform para a Ambev, com preço-alvo de R$ 18/ação.

update 8h37

Confira a análise técnica do dólar futuro

A Genial destaca que, após fechar em baixa, de 1,23%, aos 5.024,50 pontos, o Ibovespa terminou a sessão em congestão entre 5.004,50 pontos (suporte) até 5.028,00 pontos (resistência). “Se romper essa resistência pode abrir campo de alta até 5.076,00 pontos”, aponta.

Fonte: Neologica. Elaboração: Genial
update 8h35

CME: apostas em alta de 0,25 pp para a próxima reunião crescem para 75,8%

5,25%-5,50% 5,00%-5,25% 4,75%-5,00% 4,50%-4,75% 4,25%-4,50% 4,00%-4,25% 3,75%-4,00%
03/05 75,8% 24,2%
14/06 9,0% 69,7% 21,3%
26/07 4,7% 41,1% 44,1% 10,1%
20/09 1,6% 17,1% 42,1% 32,5% 6,6%
1º/11 0,6% 7,7% 26,9% 38,4% 22,4% 4,0%
13/12 0,1% 2,1% 11,8% 29,4% 34,9% 18,5% 3,2%
update 8h30

Ibovespa confirma pivô de alta e reverte tendência de curto prazo, aponta análise técnica

A Genial destaca que o Ibovespa, após fechar em forte alta, de 4,29%, aos 106.214 pontos, confirmou um pivô de alta [traçado em azul no gráfico abaixo] e reverteu a tendência de curto prazo para alta. “As próximas resistências ficam em 106.720 e 110.175 pontos. Já os próximos suportes ficam em 99.900 e 97.000 pontos”, aponta a análise técnica.

Fonte: Neologica. Elaboração: Genial
update 8h25

Abaixo dos 5.000 pontos, dólar futuro projetaria 4.890 ou 4.777, aponta análise técnica

Conforme relatório de análise técnica da XP, o DOLK23 (contrato futuro de dólar) voltou a renovar mínimas, retomando o padrão de topos e fundos descendentes. “Abaixo dos 5.000 projetaria teste dos suportes em 4.890 ou 4.777, em projeções de Fibonacci. Acima dos 5.076 teria sinal de repique de alta, mirando resistências em 5.120 ou 5.205, em pullback, na média de 21 dias”, apontou Gilberto Coelho. “O IFR (índice de força relativa) voltou a apontar para baixo em sinal de maior força vendedora”, acrescentou.

Fonte: Relatório XP
update 8h21

Ibovespa confirma reversão de tendência para alta, aponta análise técnica

Segundo relatório de análise técnica da XP, o Ibovespa fechou acima dos 102.200 pontos na véspera, confirmando a reversão de tendência de curto prazo para alta, com uma barra bem expressiva e grande volume. “Acima dos 106.500 tem projeções em nas resistências em 108.000, 110.500 ou 114.835, em teste de topo”, escreveu o analista da XP, Gilberto Coelho. Para baixo, segundo ele, o Ibovespa deixou suportes em 104.085 e 101.850 pontos.

Fonte: relatório XP
update 8h17

Petrobras (PETR4): Banco espera volatilidade contínua à medida que a nova administração assume o comando da empresa

Decisões recentes sobre impostos sobre combustíveis e a criação de um imposto temporário sobre a exportação de petróleo levantaram a bandeira amarela do setor e aumentaram o clima de intervenção nas estatais, relata o Morgan Stanley. O banco acha que é uma questão de tempo para as políticas da Petrobras (PETR4) mudarem, mas é necessário ter mais visibilidade sobre o quão prejudiciais elas podem ser para a lucratividade e geração de caixa. O Morgan Stanley tem recomendação equal-weight para a Petrobras, com preço-alvo de US$ 13/ação.

update 8h16

Índice EWZ sobe 0,17% no pré-mercado dos EUA

update 8h12

EUA: rendimentos dos Treasuries estão estáveis ​​enquanto investidores aguardam os principais dados da inflação e ata do Fed

  • Treasuries: T-note de 10 anos a 3,447% (+0,013)
  • Treasuries: T-note de 2 anos a 4,046% (-0,012)
update 8h12

Petrobras (PETR4): Potenciais mudanças nas regras de preços de transferência produziriam um impacto limitado nos fluxos de caixa da estatal

A avaliação é Morgan Stanley sobre recentes declarações do Ministério da Fazenda de insatisfação com a dinâmica dos preços de transferência nas exportações de commodities. Segundo o banco, a Petrobras (PETR4) pratica estruturas regulares de preços de transferência.

update 8h11

Bitcoin sustenta alta e pode subir mais com dado de inflação nos EUA, dizem analistas

O BTC disparou mais de 80% no ano, superando o ganho de 19% do índice de tecnologia Nasdaq 100.

update 8h09

Índice DXY recua 0,14%, aos 102,07 pontos

update 8h06

Apple (AAPL34) investirá mais US$200 mi em fundo de remoção de carbono da atmosfera

A Apple está concentrando esforços para tornar toda a sua cadeia de suprimentos e ciclo de vida de todos os seus produtos neutros em carbono até 2030.

update 8h01

Minério de ferro sobe na bolsa de Dalian com crescimento de empréstimos na China

Os contratos futuros de minério de ferro na bolsa de Dalian subiram hoje, com o robusto crescimento dos empréstimos da China no primeiro trimestre reforçando as esperanças de uma recuperação econômica para a maior produtora de aço do mundo, embora os traders continuem cautelosos com o crescimento e os riscos regulatórios. Os novos empréstimos bancários da China atingiram um recorde histórico no primeiro trimestre, enquanto o amplo crescimento do crédito acelerou à medida que o banco central manteve medidas de apoio à economia após o levantamento das restrições rigorosas da Covid-19. O sentimento geral, no entanto, permaneceu cauteloso. (Reuters)

update 7h59

BR Properties (BRPR3): B3 deferiu a migração da companhia para o Segmento Básico

Dessa forma, a partir de 12 de abril 2023, as ações de emissão da empresa passam a ser negociadas no Segmento Básico da B3.

update 7h57

CVC (CVCB3) tem rating elevado

A CVC (CVCB3) teve sua classificação de risco de crédito corporativo e de sua 4ª emissão de debêntures alterada pela agência S&P Global Ratings, que anteriormente era D, para brBB+ em escala nacional Brasil. Conforme nota, essa classificação de risco de crédito emitida é a mais alta desde o início da pandemia de COVID-19, a qual a Companhia não obtém desde 19 de agosto de 2021, quando passou a deter classificação brBB.

update 7h53

Copasa (CSMG3) anuncia PDV

A Copasa (CSMG3) assinou acordo coletivo, junto aos Sindicatos que representam seus empregados, para implementação de novo Programa de Desligamento Voluntário Incentivado – PDVI. O público-alvo do programa são empregados das categorias administrativa e operacional, com no mínimo 15 e 20 anos de trabalho na empresa, respectivamente; empregados da especialidade de Leiturista, com qualquer tempo de trabalho na Copasa e empregados aposentados pelo INSS por tempo de contribuição, idade ou aposentadoria especial, cuja aposentadoria tenha sido concedida em data anterior ao início de vigência da Emenda Constitucional nº 103/2019, com qualquer tempo de trabalho na Copasa.

update 7h50

Confira as sugestões de DayTrade do PagBank para hoje

Ativos para compra

Ticker Entrada Parcial % Objetivo % Stop %
RDOR3 R$ 23,41 R$ 23,75 1,45% R$ 24,24 3,55% R$ 23,07 -1,45%
CSAN3 R$ 15,71 R$ 15,9 1,21% R$ 16,17 2,93% R$ 15,53 -1,15%
LOGG3 R$ 16,62 R$ 16,83 1,26% R$ 16,99 2,23% R$ 16,44 -1,08%

Ativos para venda

Ticker Entrada Parcial % Objetivo % Stop %
ODPV3 R$ 10,73 R$ 10,61 1,12% R$ 10,47 2,42% R$ 10,83 -0,93%
SMTO3 R$ 28,84 R$ 28,41 1,49% R$ 27,73 3,85% R$ 29,27 -1,49%
update 7h45

XP: Oportunidades de swing trade para 12/04, por Gilberto Coelho

C ou V ATIVO Gatilho Parcial Alvo Loss MOTIVO Parcial (%) Alvo (%) Loss (%)
Compra TTEN3 11,61 12,38 13,29 11,07 IFR 6,63% 14,47% -4,65%
Compra ROMI3 15,28 16,89 18,79 14,49 LTA 10,54% 22,97% -5,17%
Compra ASAI3 14,11 16,14 17,99 13,34 IFR 14,39% 27,50% -5,46%
Venda ODPV3 10,73 10,25 9,21 11,11 MM21 4,47% 14,17% -3,54%
update 7h39

Direcional (DIRR3) fará recompra de ações

O Conselho de Administração da Direcional (DIRR3) aprovou o encerramento do programa de recompra de ações da companhia, anteriormente aprovado pelo Conselho de Administração em reunião realizada em 27 de dezembro de 2021 e a abertura de novo Programa de Recompra de Ações da companhia. O plano de recompra tem por objetivo maximizar a geração de valor para o acionista por meio de uma administração eficiente da sua estrutura de capital. A Companhia poderá adquirir até 10% das Ações em Circulação da companhia.

update 7h36

Locadoras impulsionam resultado de setor automotivo em março, diz Anfavea

Enquanto isso, algumas montadoras no país fazem ajustes de produção, citando entre os fatores demanda fraca e problemas com oferta de componentes.

update 7h33

Copel (CPLE6): os dois anúncios que aproximam a companhia da privatização e reforçam o otimismo de analistas com as ações

Governo definiu que a Copel terá de pagar R$ 3,72 bi para renovar concessões, enquanto Itaú e Paraná fecharam acordo de R$ 1,7 bi no STF.

update 7h30

BrasilAgro (AGRO3) vende áreas de fazenda em Goiás por R$ 417,8 milhões

Empresa de propriedades agrícolas termina desinvestimento na Fazenda Araucária, que gerou faturamento total de R$ 602 milhões.

update 7h26

Embraer (EMBR3) e Saab assinam acordo para vender cargueiro C-390 à Suécia

Companhias trabalharão para posicionar o C-390 Millennium como solução preferencial para os requisitos de transporte aéreo tático da Força Aérea da Suécia.

update 7h23

Carrefour (CRFB3) fecha acordo para redução de até R$ 1 bi no valor de aquisição do Grupo BIG Brasil

Acordo prevê uma parcela fixa de R$ 350 milhões; (ii) uma parcela de R$ 550 milhões; e (iii) uma parcela variável de até R$ 100 milhões.

update 7h21

EDP Brasil (ENBR3) tem preço de OPA reduzido para R$ 23,73 após ajuste de dividendos

Ajuste no preço da oferta foi motivado pela a declaração de dividendos no valor de R$ 152,5 milhões.

update 7h18

McCain do Brasil compra controle da Forno de Minas e fundador sai do negócio de novo

A empresa mineira foi vendida e recomprada pela família fundadora na década de 1990; agora, a família sai mais uma vez do negócio.

update 7h15

GM avança ainda mais no setor de mineração com investimento em lítio da EnergyX

O esforço global das montadoras para eletrificar suas frotas tem provocado uma corrida por suprimentos de lítio, cobre, níquel e outros minerais.

update 7h10

Americanas (AMER3) suspende temporariamente disputas judicias com alguns credores

Segundo comunicado, acordo vai permitir que as partes foquem seus esforços na negociação de um plano de RJ que seja aceitável para maior parte dos credores.

update 7h03

Agenda do dia tem CPI e ata do Fomc nos EUA e dados de varejo no Brasil

A agenda desta quarta-feira é marcada pelo CPI, às 9h30, um dos principais indicadores da inflação americana. A projeção é de avanço de 0,2% na base mensal, acumulando 5,2% no ano. Além disso, há a publicação da ata da reunião do último Fomc, às 15h. No Brasil, investidores aguardam pelas vendas do varejo, às 9h, com consenso Refinitiv prevendo alta de 3,2% na base mensal e de 1,4% na base anual. Às ​9h, Roberto Campos Neto, presidente do BC, tem reunião com investidores, organizada pela XP Investimentos, em Washington D.C., EUA. Depois, às 11h30, Campos Neto se reúne com representantes da Febraban, da CNF e dos Bancos Bradesco, Itaú, Santander e Nubank, em Washington, D.C. Ele ainda participa às 14h30 da Primeira Reunião de Ministros das Finanças e de Presidentes de Bancos Centrais dos BRICS, e fecha o dia às 18h30 com a Reunião de Ministros das Finanças e de Presidentes de Bancos Centrais do G20.

update 7h01

Barris de petróleo têm leve alta com aumento de estoques de petróleo

Os preços do petróleo operam próximos à estabilidade nesta quarta-feira, depois que dados da indústria mostraram um aumento inesperado nos estoques de petróleo e gasolina dos EUA, compensando as preocupações sobre o aperto na oferta antes dos cortes na produção dos produtores da Opep. Em um sinal de aperto do mercado, os contratos futuros de petróleo dos EUA caíram para trás, com o contrato do primeiro mês sendo negociado 6 centavos a mais do que no segundo mês. As cotações do minério de ferro fecharam com leve alta na sessão de hoje.

  • Petróleo WTI, +0,28%, a US$ 81,76 o barril
  • Petróleo Brent, +0,35%, a US$ 85,91 o barril
  • Minério de ferro negociado na bolsa de Dalian teve alta de 0,25%, a 788 iuanes, o equivalente a US$ 114,50 
update 7h00

Bolsas da Europa avançam no ritmo dos EUA

Os mercados europeus sobem também aguardando dados de inflação dos EUA, que provavelmente determinarão o caminho do ciclo de aperto monetário do Fed. Os investidores também estão digerindo o último relatório de crescimento global do FMI, divulgado na terça-feira, que inclui sua previsão de crescimento de médio prazo mais fraca em mais de 30 anos. As ações da Volvo são destaque, subindo 7,8%, depois que os resultados do primeiro trimestre superaram as expectativas. O lucro operacional foi ajustado para 18,4 bilhões de coroas suecas (US$ 1,77 bilhão), bem acima dos 12,9 bilhões de coroas previstos por analistas, segundo dados da Refinitiv.

  • FTSE 100 (Reino Unido), +0,60%
  • DAX (Alemanha), +0,23%
  • CAC 40 (França), +0,34%
  • FTSE MIB (Itália), +0,54% 
  • STOXX 600, +0,24% 
update 6h58

EUA: índices futuros sobem antes de dados do CPI e ata do Fomc

Os índices futuros dos EUA operam com leve alta nesta manhã de quarta-feira, à medida que investidores se preparam para os dados de inflação ao consumidor de março e ata do Fomc, que podem determinar uma pausa ou a continuidade do ciclo de aperto monetário do Federal Reserve (Fed). Além disso, o presidente do Fed de Minneapolis, Neel Kashkari, disse na véspera acreditar que a inflação na economia dos EUA se aproximará da meta do banco central de 2% em 2024. Ele acrescentou que está “menos otimista” do que o mercado de títulos, que está precificando uma recessão que está por vir nos EUA, e que os mercados também estão vendo um declínio mais rápido na inflação do que as expectativas.

update 6h56

Mercados da Ásia fecham na maioria em alta

Os mercados asiáticos fecharam com alta, com exceção da Bolsa de Hong Kong, enquanto agentes do mercado aguardam por dados de inflação vindos dos EUA. No Japão, o Nikkei 225 subiu 0,57%, para 28.082 pontos, com investidores digerindo o índice de preços ao produtor do Japão e o relatório de pedidos de maquinário. O FMI informou em seu último relatório de estabilidade financeira que o banco central do Japão deveria ter mais flexibilidade em seu esquema para manter o rendimento de seus títulos do governo japonês de 10 anos em torno de 0%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, caiu 0,86%, enquanto o Shanghai Composite, da China subiu 0,41% para 3.327,18 pontos. A taxa de desemprego da Coreia do Sul, por sua vez, subiu para 2,7% em março, ante 2,6% em fevereiro, mostraram dados do governo.

  • Shanghai SE (China), +0,41%
  • Nikkei (Japão), +0,57%
  • Hang Seng Index (Hong Kong), -0,86%
  • Kospi (Coreia do Sul), +0,11% 
  • ASX 200 (Austrália), +0,47%
update 6h55

Abertura de mercados

Os índices futuros dos Estados Unidos e bolsas da Europa operam com alta, mesma direção de fechamento dos mercados asiáticos, com investidores à espera da divulgação do Índice de Preços ao consumidor (CPI) dos EUA. O consenso Refinitiv projeta alta de 0,2% na base mensal e alta de 5,2% na base anual. Ata da reunião do último Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) também será divulgada hoje e deve oferecer mais pistas sobre a mentalidade por trás da alta de 25 pontos-base do banco central após o colapso do Silicon Valley Bank e a crise que abalou o setor bancário global. No Brasil, o Ibovespa saltou 4,29%, indo aos a 106.213 pontos, na véspera (11), impulsionado pela desaceleração do IPCA, além da expectativa sobre a entrega do novo arcabouço fiscal que também levaram a uma queda expressiva do dólar na sessão. A ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, confirmou na última terça-feira que a proposta da nova âncora fiscal só será enviada ao Congresso na próxima semana, após o envio do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2024 na sexta-feira, 14. Segundo ela, as últimas mudanças não foram fechadas a tempo de o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, assinarem o texto antes de viajarem à China. Em indicadores, saem os dados de vendas do varejo, com consenso Refinitiv prevendo alta de 3,2% na base mensal e de 1,4% na base anual.

update 6h52

Confira o desempenho das ações nesta 3ª feira

Maiores altas da sessão:

Ativo Dia (%) Valor (R$) Variação (R$) Negócios Semana (%) Mês (%) Ano (%)
Gol GOLL4 17,13 7,11 1,04 14.190 17,33 6,44 -3,13
Azul AZUL4 13,81 12,28 1,49 20.707 14,13 2,08 11,53
Magazine Luiza MGLU3 12,84 3,78 0,43 48.608 12,17 14,20 37,96
Hapvida HAPV3 12,77 2,65 0,30 39.477 11,81 1,15 -47,83
CVC CVCB3 11,62 3,17 0,33 11.339 14,44 1,93 -29,40
Cogna COGN3 11,30 1,97 0,20 18.769 10,67 5,35 -7,08
Yduqs YDUQ3 10,06 7,99 0,73 14.463 13,01 13,33 -21,44
Eztec EZTC3 9,81 14,22 1,27 18.538 11,53 16,75 6,18
Cyrela CYRE3 9,64 15,24 1,34 22.614 9,64 8,24 16,60
BRF BRFS3 9,56 6,76 0,59 23.785 10,10 8,86 -18,36

Únicas baixas da sessão:

Ativo Dia (%) Valor (R$) Variação (R$) Negócios Semana (%) Mês (%) Ano (%)
Minerva BEEF3 -1,29 9,94 -0,13 26.249 -1,78 -5,69 -23,30
Taesa TAEE11 -0,03 33,94 -0,01 19.121 -3,17 -2,56 1,68

Mais negociadas da sessão:

Ativo Negócios Dia (%) Valor (R$) Variação (R$) Semana (%) Mês (%) Ano (%)
Petrobras PN PETR4 93.308 4,69 25,66 1,15 6,92 9,42 4,73
Vale VALE3 84.053 5,28 82,36 4,13 7,31 2,58 -5,30
Lojas Renner LREN3 82.149 9,31 16,90 1,44 7,57 1,99 -16,75
Bradesco PN BBDC4 80.873 5,24 13,87 0,69 6,45 5,45 -4,88
Itaú Unibanco ITUB4 77.170 3,24 25,47 0,80 4,34 3,01 3,12
B3 B3SA3 62.200 6,60 11,63 0,72 8,69 12,37 -10,87
Localiza RENT3 58.771 9,17 56,80 4,77 8,73 6,37 7,51
BTG Pactual BPAC11 57.956 8,39 22,60 1,75 10,51 15,01 -5,05
Natura NTCO3 48.942 5,35 11,82 0,60 5,54 -10,45 1,81
Magazine Luiza MGLU3 48.608 12,84 3,78 0,43 12,17 14,20 37,96
update 6h50

DIs: juros futuros fecham 3ª com queda por toda curva, com IPCA em desaceleração

Dia (%) Valor (%) Variação (pp) Negócios Semana (%) Mês (%) Ano (%)
DI1F24 -0,49 13,150 -0,065 21.783 -0,83 -0,38 -2,23
DI1F25 -1,42 11,805 -0,170 67.460 -2,03 -1,91 -7,01
DI1F27 -1,63 11,775 -0,195 37.309 -1,96 -2,69 -6,58
DI1F29 -1,45 12,200 -0,180 19.827 -1,61 -2,56 -3,63
DI1F31 -1,58 12,470 -0,200 15.112 -1,50 -2,58 -1,42
DI1F32 -1,26 12,540 -0,160 287 -1,26 -2,41 -0,48
DI1F33 -1,41 12,630 -0,180 6.639 -1,10 -2,17 0,16
update 6h48

Fechamento: Ibovespa encerrou 3ª feira com alta de 4,29%, aos 106.213,76 pontos

Alta é a maior em um só dia desde os 5,54% aferidos em 3 de outubro de 2022, primeiro pregão depois do primeiro turno das eleições de 2022.

  • Máxima: 106.455,33
  • Mínima: 101.847,79
  • Volume: R$ 32,10 bilhões

Ibovespa tem sessão de fortes ganhos

Fonte: Clear Trader

Confira a evolução do IBOV durante a semana, mês e ano:

  • Segunda-feira (10): +1,02%
  • Terça-feira (11): +4,29%
  • Semana: +5,35%
  • Abril: +4,25%
  • 2T23: +4,25%
  • 2023: -3,21%

Ibovespa dispara no início da semana

Fonte: Clear Trader

Acompanhe diariamente a cobertura sobre bolsa, dólar e juros a partir das 7 horas.

Sugestões, dúvidas e críticas entre em contato com o editor de Mercados Ao Vivo do InfoMoney: [email protected].

InfoTrade: notícias, análises, vídeos, podcasts e guias no novo canal do InfoMoney sobre Mercados.