calendar
Notícias

92 publicados hoje

  • Home
  • arrow
  • arrow
  • Estas 5 ações podem disparar a partir de junho e Campos Neto será o ‘culpado’; entenda

Estas 5 ações podem disparar a partir de junho e Campos Neto será o ‘culpado’; entenda

Investimentos 8 meses atrás
Visitar site arrow
Estas 5 ações podem disparar a partir de junho e Campos Neto será o ‘culpado’; entenda
Roberto Campos Neto
Analistas revelam 5 ações sólidas e baratas no cenário atual – uma delas já valorizou 44 vezes mais que o Ibovespa desde o início do ano e pode mais; conheça (Imagem: REUTERS/Adriano Machado)

O Ibovespa finalmente deu um dia de alegria para o investidor. No pregão da última terça-feira (11), a bolsa brasileira saltou 4,2% depois de um início de ano levando pancadas.

O que aconteceu foi que, na terça, os dados do IPCA de março foram divulgados e os números vieram abaixo do esperado pelo mercado. No mês, a inflação subiu 0,71%, enquanto a expectativa era de 0,77%.

O acumulado dos últimos 12 meses ficou em 4,65%, o menor percentual em dois anos.

Esses dados brilharam os olhos do mercado, que já estima uma queda dos juros em breve. Na última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), o sinal foi bem claro: enquanto a inflação não cair, a Selic também não diminui.

Portanto, agora, com uma desaceleração do IPCA, a expectativa é que o Banco Central comece a discutir juros mais amigáveis para o bolso do brasileiro.

O analista Enzo Pacheco, da Empiricus Research, acredita que os dias de Selic a 13,75% ao ano estão contados e crava até uma data de quando provavelmente os juros vão começar a cair:

Ainda tem muito ruído, mas, depois de junho, o Banco Central já pode começar a pensar nessa possibilidade de cortar juros”, afirma o analista.

5 ações pagadoras de dividendos que podem surfar a recuperação da bolsa

Essa expectativa do mercado sobre o corte da Selic foi o suficiente para o Ibovespa disparar no pregão de terça. E quem já havia alertado sobre essa possibilidade foi o analista Matheus Spiess, também da Empiricus Research.

Na última segunda-feira (10), em entrevista ao programa Giro do Mercado, Spiess defendeu que, embora o cenário econômico brasileiro esteja muito incerto e a bolsa brasileira esteja sofrendo em 2023, existem ações sólidas, defensivas e extremamente baratas agora.

Segundo o analista, essas ações poderiam surfar uma possível recuperação do Ibovespa e o gatilho para que elas se valorizassem é a sinalização de que o Banco Central pode diminuir os juros em breve.

E foi exatamente isso que aconteceu. Na terça, quando a bolsa brasileira decolou, os papéis recomendados por Spiess chegaram a saltar até 2 vezes mais que o Ibovespa.

Uma dessas ações, inclusive, já valorizou quase 22% desde o início do ano. Ou seja: 

  • Quem investiu nela no dia 1º de janeiro, pôde transformar R$ 1 mil em R$ 1.220, por exemplo.

Mas, para os analistas da casa de análise, esse retorno não passa nem perto do que esses papéis podem entregar daqui para a frente – principalmente quando o corte de juros começar.

Mont Capital - Carteira Administrada

O Safra, por exemplo, tem uma estimativa otimista para esse papel. Segundo o banco, essa ação ainda pode decolar até 111% em relação ao preço atual.

Ou seja: pode mais do que dobrar o dinheiro investido. E nem é só em valorização que essa ação se destaca. Existe uma segunda forma de buscar lucros com esse papel: com o pagamento de dividendos.

Matheus Spiess estima que essa ação específica pode pagar dividendos de até dois dígitos em 2023. Mas ela não é um caso isolado.

Esse papel faz parte de uma lista de 5 ações sólidas, defensivas, com resultados consistentes, fluxo de caixa saudável e que estão extremamente baratas no cenário atual.

Com a queda expressiva da bolsa brasileira nos últimos 12 meses, muitas ações de qualidade foram derrubadas junto e chegaram a preços muito menores do que, de fato, valem.

Algumas já estão se recuperando, como é o caso de parte desses 5 papéis recomendados pela Empiricus Research

Mas ainda há espaço para maiores valorizações daqui para a frente – e um dos gatilhos pode ser justamente a queda da Selic a partir de junho, como estimam os analistas.

CORTESIA: CONHEÇA 5 AÇÕES QUE PODEM DISPARAR COM POSSÍVEL CORTE DA SELIC

Papéis baratos, sólidos e que podem gerar renda extra: veja os tickers em um relatório gratuito

Dê só uma olhada nos destaques de cada uma dessas 5 ações:

  1. Uma gigante da construção civil que pode pagar dividendos de dois dígitos em 2023 e já valorizou quase 22% neste ano; 
  2. Empresa com pelo menos R$ 100 bilhões para destravar e pode distribuir parte desse valor em forma de dividendos;
  3. Papel do setor farmacêutico que valorizou mais de 60% em 2022;
  4. Ação que já pagou R$ 40 bilhões em dividendos e tem retorno sobre patrimônio líquido superior a 50%;
  5. Companhia líder em seu segmento no setor de commodities, com baixa alavancagem e forte geração de caixa.

A tese de investimento completa desses papéis está disponível em um relatório que, antes, era exclusivo aos assinantes da Empiricus Research. Mas agora, qualquer interessado em buscar lucros com a recuperação da bolsa pode acessar de graça clicando neste link.

Isso porque a Empiricus Investimentos está liberando o material como uma cortesia. Portanto, você não precisa gastar nem um centavo para ler o relatório e conhecer essas ações.

Se quiser conhecer esses papéis que podem começar a decolar a partir de junho, com a possível queda da Selic, basta clicar no botão abaixo e seguir as instruções.

CORTESIA: CONHEÇA 5 AÇÕES QUE PODEM DISPARAR COM POSSÍVEL CORTE DA SELIC

Mont Capital - Fale com um de nossos especialista

Relacionados