calendar
Notícias

87 publicados hoje

  • Home
  • arrow
  • arrow
  • Em semana de ‘vacas magras’ para frigoríficos, apenas BRF (BRFS3) fecha em alta; vale comprar?

Em semana de ‘vacas magras’ para frigoríficos, apenas BRF (BRFS3) fecha em alta; vale comprar?

Mercado Financeiro 8 meses atrás
Visitar site arrow
Em semana de ‘vacas magras’ para frigoríficos, apenas BRF (BRFS3) fecha em alta; vale comprar?
Frigoríficos
(Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

A maioria das ações dos frigoríficos apresentou queda nesta semana, com exceção de BRF (BRFS3), em função de diversos fatores macroeconômicos, como o ciclo negativo do gado, que deve prejudicar as margens da carne bovina nos Estados Unidos, e os desafios de curto prazo na América do Sul, devido à proibição da carne bovina chinesa no primeiro trimestre.

Balanço semanal dos frigoríficos:

  • BRF (BRFS3), alta de 0,33%, fechando em R$ 6,14.
  • JBS (JBSS3), queda de 1,43%, fechando em R$ 16,55.
  • Marfrig (MRFG3), queda de 4,29%, fechando em R$ 6,03. 
  • Minerva (BEEF3), queda de 6,52%, fechando em R$ 9,46

Recomendação

BRF

O Bank of America (BofA) rebaixou sua posição da BRF para underperform (equivalente a venda), com preço-alvo menor, passando de R$ 9 para R$ 6,30, devido à alta alavancagem, expectativa de queima de caixa de R$ 1,4 bilhão em 2023 e risco de queda para as estimativas de consenso.

Marfrig

Para Marfrig, o banco reforçou sua recomendação “neutra”, reduzindo o preço-alvo da ação de R$ 9 para R$ 7,60.

No entanto, o banco enxerga a Marfrig em uma posição relativamente melhor do que a BRF, já que sua operação autônoma gera fluxo de caixa, apesar do ciclo de queda nos Estados Unidos.

JBS

O BofA espera que a JBS enfrente um ano de 2023 difícil, com desafios na maioria das divisões de negócios. Dessa forma, o BofA reduziu o preço-alvo da ação de R$ 51 para R$ 36, para refletir estimativas mais baixas e custo de capital marginalmente mais alto.

Mont Capital - Carteira Administrada

  • Suzano (SUZB3): Por que analistas não se acertam sobre compra ou venda da ação
  • Raízen (RAIZ4) e São Martinho (SMTO3) ‘injustificadamente baratas’: BBA vê janela de oportunidade para investidor

Apesar do ambiente desafiador, o banco mantém sua posição de compra para o papel, já que a geração de caixa da companhia é um ponto positivo neste cenário.

Minerva

Por fim, o BTG Pactual reduziu o preço-alvo de 12 meses da Minerva, passando de R$ 20 para R$ 15, mas manteve a recomendação de compra.

De acordo com o banco, agora é um momento difícil para os investidores que estão procurando oportunidades no setor de proteínas. No entanto, existe uma preferência do banco por Minerva em relação a JBS, BRF e Marfrig.

Mont Capital - Fale com um de nossos especialista

Relacionados