calendar
Notícias

89 publicados hoje

  • Home
  • arrow
  • arrow
  • Dólar sobe ou desce? Moeda busca fôlego após perder os R$ 5, enquanto Ibovespa futuro acompanha NY

Dólar sobe ou desce? Moeda busca fôlego após perder os R$ 5, enquanto Ibovespa futuro acompanha NY

Economia 8 meses atrás
Visitar site arrow
Dólar sobe ou desce? Moeda busca fôlego após perder os R$ 5, enquanto Ibovespa futuro acompanha NY
B3 Ibovespa 56
Dinâmica do dia será definida pela reação de NY ao PPI e aos pedidos de seguro-desemprego (Imagem: Facebook/B3)

O dólar abriu o pregão desta quinta-feira (13) em alta de 0,04%, cotado a R$ 4,935, e operava sem direção clara. Na véspera, em meio à forte queda no Dollar Index (DXY), o desmonte de posições altistas e o fluxo cambial positivo levaram à queda da moeda norte-americana.

Já o Ibovespa futuro abriu a sessão de hoje em alta de 0,13%, cotado aos 109,020 pontos, e firmava o movimento.

Segundo analistas da Nova Futura, a dinâmica do dia será definida pela reação de Nova York ao dados de inflação ao produtor dos EUA (PPI, na sigla em inglês) e aos pedidos de seguro-desemprego. Entretanto, a tendência é de viés de baixa para o Ibovespa e real, com os juros corrigindo parte dos excessos dos últimos dias, afirmam. 

Ainda esta manhã, os índices acionários de NY operavam em alta, enquanto investidores digerem as mensagens de ontem da economia dos Estados Unidos e aguardam novos dados que podem dar pistas sobre o aperto monetário do Federal Reserve. Por volta das 08h45, os futuros de Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq avançavam 0,01%, 0,07% e 0,21%, respectivamente.

    • Entre para o Telegram do Market Insider News! Acompanhe as notícias sobre mercado financeiro, investimentos e finanças pessoais. Notícias de hoje sobre assuntos que mexem com o seu bolso. Clique aqui e acompanhe em tempo real!

Na agenda de hoje, o foco está no PPI. O consenso de mercado espera uma estabilidade de 0,0% no mês para a medida headline e um aumento de 0,3% na medida dos núcleos.

Mont Capital - Carteira Administrada

Além disso, ganha destaque os dados da balança comercial da China. Os números do comércio exterior de março são consistentes com uma forte reabertura e um crescimento econômico acima de 5% neste ano, dizem especialistas da XP.

As exportações aumentaram quase 15% em março, subindo pela primeira vez em seis meses. As importações também superaram as previsões e caíram apenas 1,4% no ano — o consenso era de  recuo de 5%.

No campo nacional, o presidente Lula (PT) tem um dia de agenda lotada na China, com a fábrica da gigante de tecnologia chinesa Huawei e encontros com políticos. Ainda hoje, ele embarca para Pequim.

Mont Capital - Fale com um de nossos especialista

Relacionados