calendar
Notícias

598 publicados hoje

Caso Tacla Durán: CNJ vai analisar conduta de desembargador

Política 11 meses atrás
Visitar site arrow
Caso Tacla Durán: CNJ vai analisar conduta de desembargador

O corregedor nacional de Justiça, ministro Luis Felipe Salomão, determinou a prestação de informações do desembargador Marcelo Malucelli, do TRF-4, em investigação envolvendo o advogado Rodrigo Tacla Durán (foto), diz o G1.

O procedimento vai analisar uma suposta ordem de prisão dada pelo magistrado contra Tacla Durán. Malucelli e a Justiça Federal do Paraná têm cinco dias para prestarem informações.

Réu por lavar dinheiro para a Odebrecht, Tacla Durán teve a ordem de prisão preventiva contra ele revogada por determinação do novo juiz da Lava Jato, Eduardo Appio. Em depoimento, o advogado ressuscitou a acusação de que foi vítima de um esquema de extorsão no qual Sergio Moro e Deltan Dallagnol estariam envolvidos.

Como o ex-juiz e o ex-procurador, hoje respectivamente senador e deputado federal, têm foro privilegiado, Appio decidiu remeter o caso ao STF. O ministro Ricardo Lewandowski, por sua vez, quer que a Procuradoria-Geral da República se manifeste sobre a competência ser ou não da corte.

Mont Capital - Carteira Administrada

Na sexta, Malucelli comunicou ao STF que não determinou a prisão do advogado. Em ofício enviado à ministra Rosa Weber, o desembargador disse ter decidido apenas sobre um incidente de suspeição.

Mont Capital - Fale com um de nossos especialista

Relacionados