Bolsonaro foi alertado sobre risco de leilão das joias sauditas

Bolsonaro foi alertado sobre risco de leilão das joias sauditas
Bolsonaro foi alertado sobre risco de leilão das joias sauditas

Em depoimento à Polícia Federal, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) revelou que foi alertado sobre o risco de as joias recebidas do governo da Arábia Saudita, avaliadas em R$ 16,5 milhões, serem leiloadas pelo ex-chefe da Receita Federal Júlio César Vieira Gomes.

Bolsonaro afirmou, ainda,  que conversou pessoalmente com Vieira Gomes sobre os itens de luxo que foram trazidos ilegalmente pela comitiva do ex-ministro Bello Albuquerque em 2021 e acabaram retidos na alfândega do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

O declarante solicitou ao ajudante de ordens, coronel Cid, que obtivesse informações acerca de tais fatos; que o ajudante de ordens oficiou a Receita Federal para obter informações; que neste ínterim o declarante estabeleceu contato com o então chefe da Receita Federal, Júlio, cujo sobrenome não se recorda, e salvo engano, determinou que estabelecesse contato direto com o ajudante de ordem; que as conversas foram pessoalmente, pelo o que se recorda”, diz trecho da íntegra do depoimento prestado pelo ex-presidente à PF.

 

Mont Capital - Carteira Administrada