calendar
Notícias

47 publicados hoje

  • Home
  • arrow
  • arrow
  • Bitcoin (BTC) acima dos US$ 47 mil: Entenda o que está acontecendo com a cripto e até onde vai essa alta

Bitcoin (BTC) acima dos US$ 47 mil: Entenda o que está acontecendo com a cripto e até onde vai essa alta

Mercado Financeiro 1 minuto atrás
Visitar site arrow
Bitcoin (BTC) acima dos US$ 47 mil: Entenda o que está acontecendo com a cripto e até onde vai essa alta
bitcoin btc etf cripto
O valor de mercado de todos os Bitcoins disponíveis voltou a ultrapassar a marca de US$ 1 trilhão nos últimos dias. (Imagem: EivindPedersen/Pixabay/Canva)

Na última sexta-feira (9), a Bitcoin (BTC) atingiu um feito: ultrapassou os US$ 47 mil, algo que não acontecia desde março de 2022. Pela cotação deste domingo (11), a criptomoeda já deu mais um salto de 1,75%, chegando à marca de US$ 48 mil.

Segundo o site The Block, o valor de mercado de todos os Bitcoins disponíveis voltou a ultrapassar a marca de US$ 1 trilhão nos últimos dias. Ao seriam US$ 1,87 trilhão em valor, garantindo 49,7% do mercado cripto, enquanto o Ethereum (ETH) representa 16,1% dos ativos.

André Franco, head do Research do Mercado Bitcoin, destaca que nos últimos dias, o mercado de criptomoedas tem sido marcado por uma tendência de alta, com o Bitcoin liderando o caminho.

“Observa-se a acumulação de baleias [investidores que acumulam uma grande quantidade de criptomoedas] indicando uma confiança crescente em ganhos de preço adicionais. Aumentou-se, ainda, o número de carteiras de Bitcoin com mais de 1.000 tokens, uma alta significativa em vários meses, conforme dados da Glassnode”, afirma.

Mont Capital - Carteira Administrada

ETF de Bitcoin chama atenção para mercado cripto

Um fator que vem chamando a atenção para as criptos é a aprovação dos ETFs de bitcoin nas bolsas de valores dos Estados Unidos pela Comissão de Valores Mobiliários do país (SEC, na sigla em inglês).

Os ETFs de bitcoin são fundos negociados em bolsa, que acompanham as variações de preço do criptoativo, sem que o investidor precise adquirir a criptomoeda diretamente.

O ETF da BlackRock é um dos cinco com maior captação de recursos, de acordo com a Bloomberg. Em conjunto com o ETF da Fidelity, os dois possuem uma vantagem sobre o Grayscale Bitcoin Trust (GBTC).

Esses fundos acumularam 100.000 BTC no mercado à vista em apenas sete dias de lançamento — no dia 11 de janeiro. E agora, até semana passada, os nove novos ETFs acumularam 203.811 BTC (US$ 9,5 bilhões).

“A atual subida do Bitcoin é principalmente atribuída ao fluxo negativo do ETF do GBTC da Grayscale. Este ETF vem passando por uma redução constante devido às altas taxas. Paralelamente, o interesse nos ETFs da BlackRock e da Fidelity está crescendo, enquanto os investidores retiram fundos do GBTC. Esse movimento está equalizando o fluxo de entrada e saída de ativos, impulsionando ainda mais o preço do Bitcoin”, afirma André.

Mont Capital - Fale com um de nossos especialista

Relacionados