Ambev (ABEV3) pode se beneficiar com o fechamento da Cervejaria Santa Catarina?

Ambev (ABEV3) pode se beneficiar com o fechamento da Cervejaria Santa Catarina?
Ambev (ABEV3) pode se beneficiar com o fechamento da Cervejaria Santa Catarina?
Ambev JCP, ações
A Ambev (ABEV3) possui uma participação de 70% no seu mercado de atuação (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

A Ambev (ABEV3) deve sofrer um impacto limitado do fechamento da Cervejaria Santa Catarina (CSC), que anunciou uma mudança no modelo de negócios na quarta-feira (12), avaliam analistas.

A CSC, uma das maiores microcervejarias do país e dona das marcas Saint Beer, Catarina e Coruja, informou o fechamento da sua unidade industrial em Forquilhinha (SC), além da demissão de 88 funcionários.

Para Fernando Ferrer, analista da Empiricus Research, a medida se assemelha mais a uma decisão estratégica da empresa do que uma questão do segmento de cervejarias.

    • Entre para o Telegram do Market Insider News! Acompanhe as notícias sobre mercado financeiro, investimentos e finanças pessoais. Notícias de hoje sobre assuntos que mexem com o seu bolso. Clique aqui e acompanhe em tempo real!

Por isso, o especialista acredita que o impacto na Ambev será “muito limitado”, visto que a holding já possui quase 70% de participação no mercado, enquanto a SCS é muito pequena. “Não faz tanta diferença”, pontua.

Heitor De Nicola, especialista de renda variável e sócio da Acqua Vero, explica que o contexto é uma oportunidade para as demais empresas do setor adquirirem essa operação por um baixo custo.

Ele também ressalta que “a operação da cervejaria artesanal era consideravelmente menor do que a operação da Ambev”, mas ainda se trata de um concorrente a menos no segmento.

Mont Capital - Carteira Administrada

É para comprar?

Segundo o especialista da Acqua Vero, a situação da CSC é uma consequência do atual ciclo macroeconômico, em um setor que é atrelado diretamente ao consumo.

O contexto que o setor está enfrentando acaba “fortalecendo” mesmo que indiretamente a líder do segmento, pelo “simples fato” de ter mais robustez para enfrentar os desafios econômicos, avalia

Ferrer avalia que a Ambev também não deve passar ilesa do momento econômico. Mas pode sofrer alguma dificuldade por:

  • ter uma participação já muito relevante no mercado;
  • o momento ruim para a indústria cervejeira, sem perspectiva de crescimento no consumo;
  • os benefícios fiscais que a companhia tem, os quais devem começar a ser questionados em uma potencial reforma tributária; e
  • um valuation esticado, de 14,5x lucro, para as ações neste ano.

A Empiricus mantém uma recomendação de venda para os papéis da Ambev.