calendar
Notícias

214 publicados hoje

  • Home
  • arrow
  • arrow
  • Adobe pagará US$3 milhões para resolver acusações de pagamento de propina

Adobe pagará US$3 milhões para resolver acusações de pagamento de propina

Mercado Financeiro 11 meses atrás
Visitar site arrow
Adobe pagará US$3 milhões para resolver acusações de pagamento de propina

Por Kanishka Singh

WASHINGTON (Reuters) – A Adobe, criadora do Photoshop, concordou em pagar 3 milhões de dólares para resolver acusações de suborno nos Estados Unidos envolvendo vendas federais de software, disse o Departamento de Justiça dos EUA nesta quinta-feira.

O acordo resolve as alegações de que a Adobe fez pagamentos impróprios em seu programa Solution Partner para empresas que tinham um relacionamento contratual ou outro tipo de relacionamento com o governo que lhes permitia influenciar as compras federais de software da Adobe, disse a pasta.

Entre janeiro de 2011 e dezembro de 2020, a Adobe supostamente pagou às empresas uma porcentagem do preço de compra do software, de acordo com o Departamento de Justiça.

Os Estados Unidos alegam que esses pagamentos constituem propinas proibidas que resultaram no envio de reivindicações falsas de pagamento pela Adobe às agências federais.

A empresa disse nesta quinta que cooperou com o governo desde o início da investigação em 2018 e ficou satisfeita “por deixar esse assunto para trás”.

Mont Capital - Carteira Administrada

“Aqueles que fazem negócios com o governo estão proibidos de pagar propinas, o que pode resultar em compras desnecessárias e aumentar os custos para os contribuintes”, disse Brian Boynton, chefe da divisão civil do Departamento de Justiça.

“Continuaremos usando todas as ferramentas apropriadas para proteger a integridade do processo de aquisições federais”, disse Boynton.

(Reportagem de Kanishka Singh em Washington)

Mont Capital - Fale com um de nossos especialista

Relacionados