calendar
Notícias

211 publicados hoje

  • Home
  • arrow
  • arrow
  • Ações de pagadoras de dividendos em 2023 e outros destaques em Comprar ou Vender; confira

Ações de pagadoras de dividendos em 2023 e outros destaques em Comprar ou Vender; confira

Mercado Financeiro 11 meses atrás
Visitar site arrow
Ações de pagadoras de dividendos em 2023 e outros destaques em Comprar ou Vender; confira
itaúsa, dividendos
Com a expectativa sobre a Selic no atual patamar de 13,75% por mais alguns meses, papéis de pagadoras de dividendos têm potencial de entregar ainda mais proventos aos acionistas (Imagem: Freepik)

Empresas pagadoras de dividendos costumam chamar a atenção dos investidores. A boa notícia é que 2023 parece ter começado com a promessa de ser um ano positivo para as ações dessas companhias.

Com a expectativa sobre a Selic, taxa básica de juros, no atual patamar de 13,75% por mais alguns meses, os papéis têm potencial de entregar ainda mais proventos aos acionistas.

Confira esse e outros destaques da editoria Comprar ou Vender do Money Times na semana passada:

5º lugar: Taesa (TAEE11): Por que investidores não estão otimistas?

A Taesa (TAEE11) tem uma boa tese de investimentos, com sólido histórico de geração de caixa e proteção contra a inflação. Entretanto, o papel está mais caro do que outras empresas do setor de transmissão, destaca analista.

Confira a matéria completa aqui.

4º lugar – Dividendos: As 10 ações que mais pagaram em 2023 (papel que lidera pode subir 205%)

O ano começou com a promessa de ser positivo para ações pagadoras de dividendos. Com a expectativa da taxa Selic rodando a 13,75% até, pelo menos, julho, esses papéis têm a possibilidade de entregar mais proventos.

Confira a matéria completa aqui.

Mont Capital - Carteira Administrada

3º lugar – Raízen (RAIZ4) e São Martinho (SMTO3) ‘injustificadamente baratas’: BBA vê janela de oportunidade para investidor

O Itaú BBA atualizou seu modelo para açúcar e etanol para incluir novas estimativas de preços, câmbio e custo de capital.

Confira a matéria completa aqui.

2º lugar – Hectare X Suno: Mensagens de Tiago Reis reforçam indícios de manipulação contra HCTR11, diz CVM

O processo que a Hectare Capital move contra a Suno ganhou uma peça fundamental, capaz de selar o destino do caso: uma troca de mensagens em que Tiago Reis, um dos fundadores da Suno, admite a um interlocutor que seu grupo “bateu” no fundo imobiliário Hectare CE (HCTR11), com o objetivo de manipular o mercado e prejudicar o concorrente.

Confira a matéria completa aqui.

1º lugar – LCAs e LCIs prefixados registram rentabilidade líquida de quase 15%

As LCAs e LCIs são investimentos de renda fixa demandados por investidores por, entre outras coisas, não haver cobrança de imposto de renda sobre os ganhos das aplicações.

Confira a matéria completa aqui.

Mont Capital - Fale com um de nossos especialista

Relacionados